Quem tem direito ao 1 escalão de abono?

Quem tem direito ao 1 escalão de abono?

O 1º escalão de abono é um apoio financeiro que pode ser atribuído a famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade económica. Para beneficiar desta ajuda, é necessário que os agregados familiares cumpram alguns requisitos.

Os critérios de elegibilidade para o 1º escalão de abono incluem a composição do agregado familiar, o rendimento e o património. Assim, é necessário que a família seja composta por um ou mais dependentes até aos 3 anos e que os rendimentos per capita não ultrapassem os 3.898,60 euros anuais.

Além disso, o património mobiliário da família não deve exceder os 100.000 euros e o imobiliário não pode ir além dos 500.000 euros. Caso um membro do agregado se encontre em situação de deficiência, o limite de rendimentos pode ser alargado.

Para requerer o 1º escalão de abono, é necessário que a família efetue a respetiva inscrição no portal da Segurança Social ou junto dos serviços locais desta entidade. É importante que as famílias estejam atentas aos prazos, pois a não apresentação da candidatura dentro dos prazos estipulados pode comprometer o acesso a este benefício.

O 1º escalão de abono é uma ajuda que pode fazer a diferença na vida financeira de muitas famílias. Por essa razão, é importante conhecer os critérios e os procedimentos necessários para aceder a este apoio.

Como se calcula o escalão do abono de família?

O abono de família é um apoio financeiro atribuído pelo Estado português às famílias com crianças e jovens, até aos 18 anos de idade, para fazer face às despesas associadas à sua educação e bem-estar.

Para o calcular o escalão do abono de família, tem em conta o rendimento anual bruto corrigido (RABC) da família e o número de filhos a cargo. O RABC é a soma dos rendimentos de todas as pessoas que compõem o agregado familiar, incluindo prestações sociais, como o subsídio de desemprego ou o rendimento social de inserção (RSI).

O escalão é atribuído de acordo com uma tabela, que é atualizada todos os anos. Cada escalão corresponde a um valor mensal do abono de família, que é o mesmo para todas as crianças em cada escalão e que varia consoante a idade da criança.

Por exemplo, em 2021, uma família com um filho a cargo e um RABC até 5.310 euros anuais está no 1º escalão, correspondendo um abono mensal de 38,87 euros para crianças até aos 12 anos e de 45,73 euros para crianças entre os 12 e os 18 anos. Já uma família com 4 filhos a cargo e um RABC até 17.755 euros anuais está no 5º escalão, correspondendo um abono mensal de 166,08 euros para crianças até aos 6 anos, de 214,82 euros para crianças entre os 6 e os 12 anos e de 270,61 euros para crianças entre os 12 e os 18 anos.

É importante lembrar que o cálculo do escalão e do valor do abono de família é feito automaticamente pela Segurança Social com base nos dados que constam no sistema e pode ser consultado na Segurança Social Direta.

Qual o valor do escalao 1 do abono de família?

O abono de família é um apoio destinado às famílias com filhos a cargo, com o objetivo de ajudar a suportar os custos associados à sua educação e saúde. Este apoio é atribuído por escalões, de acordo com o rendimento da família e o número de crianças a cargo.

O escalão 1 do abono de família é destinado às famílias com rendimentos mais baixos. Para ter direito a este escalão, é necessário que o rendimento do agregado familiar seja inferior a 352,41€ por mês e que a criança a cargo tenha menos de 12 anos.

O valor do escalão 1 do abono de família varia consoante o número de filhos a cargo. Se a família tiver apenas um filho a cargo, o valor do abono mensal é de 37,38€. Se tiver dois filhos a cargo, o valor sobe para os 73,56€. Já se a família tiver três ou mais filhos a cargo, o valor do abono mensal é de 119,74€.

Cumpre salientar que estes valores são atualizados anualmente, em função do Indexante dos Apoios Sociais (IAS). Além disso, as famílias que se encontram em situação de carência económica podem ainda ser elegíveis para outros apoios, como o Complemento Solidário para Idosos ou o Rendimento Social de Inserção.

Em resumo, o escalão 1 do abono de família é um apoio fundamental para as famílias com menos recursos financeiros, ajudando a suportar os custos associados à educação e saúde das crianças. É importante que as famílias saibam os seus direitos e exerçam as suas opções, de forma a garantir as melhores condições de vida para o seu agregado familiar.

Qual o escalao de abono?

Na hora de receber o abono, importante saber qual o escalão de abono ao qual pertence. O abono é um apoio financeiro concedido pelo Estado a famílias com filhos menores de idade. Para beneficiar desse recurso, é necessário que a família tenha uma renda per capita que não ultrapasse um valor máximo estabelecido no escalão em que se enquadra.

O escalão de abono é definido pelo número de filhos e pela renda mensal do agregado familiar. Assim, quanto maior for o Rendimento Anual Bruto (RAB), mais beneficiários vão estar localizados nos escalões que dão direito a um valor mais reduzido. No entanto, é importante lembrar que se a situação económica da família se alterar ao longo do ano, a elegibilidade do benefício poderá ser atualizada.

É possível consultar o escalão de abono através do Portal das Finanças, onde os universos de rendimentos máximos são definidos para as diferentes situações familiares. Nesta página, estão disponíveis os valores de referência para cada escalão, permitindo assim determinar se têm direito ao benefício ou não.

Em resumo, o escalão de abono é determinado pelo número de filhos e pela renda mensal do agregado familiar. A consulta do escalão pode ser feita através do Portal das Finanças, onde é possível verificar os valores de referência para cada escalão. É importante, no entanto, lembrar que a elegibilidade pode ser atualizada ao longo do ano, caso a situação económica da família se altere.

Qual o valor dos escalões de abono 2023?

O abono de família é um apoio financeiro concedido às famílias para ajudá-las a suportar as despesas com os seus filhos. O valor dos escalões de abono 2023 foi atualizado pelo Governo e entrou em vigor em janeiro deste ano.

O primeiro escalão, que contempla as famílias com rendimentos mais baixos, teve um aumento significativo. Para uma família com um filho, o valor do abono no primeiro escalão passou a ser de 56.68 euros por mês. Já para as famílias com dois filhos, o valor aumentou para 76.83 euros. Estes valores representam um aumento de 15% em relação aos escalões de 2022.

O segundo escalão também teve um aumento no valor do abono. Para as famílias com um filho, o valor passou a ser de 39.86 euros e para as famílias com dois filhos passou para 54.06 euros. Este aumento representa uma subida de 8% em relação aos escalões anteriores.

Já no terceiro escalão, o valor do abono para as famílias com um filho é de 21.81 euros e para as famílias com dois filhos é de 29.63 euros. Este escalão é destinado às famílias com rendimentos mais elevados e teve um aumento de 6% em relação aos escalões do ano passado. 

Estes valores são importantes para muitas famílias portuguesas que dependem deste apoio para dar uma vida melhor aos seus filhos. Caso queira saber mais sobre os escalões de abono 2023, pode consultar o site da Segurança Social, onde encontrará todas as informações necessárias para perceber melhor este apoio.

Está procurando emprego?

Está procurando emprego?

// Verificar que se rellene el formulario del popup // Verificar que se rellene el formulario de la derecha